Publicado por: pulimbatata | quinta-feira, 28 janeiro, 2010

2010: Uma nova odisséia em Marte

É com pesar, mas ao mesmo tempo com alívio e alegria – estranho não? – que volto a postar neste blog hoje depois de muito tempo, com uma notícia um pouco chata. Para os amantes da ciência e astronomia como eu, ou até mesmo para quem desconheça os feitos desse nobre camarada, chega ao fim a jornada de exploração móvel do Spirit em Marte.

Para quem desconhece, Spirit , “Espírito” em inglês, é o nome de um dos dois Rovers, robôs de exploração, que chegaram a Marte seis anos atrás. Inicialmente previstos para na melhor das hipóteses coletarem dados durante noventa dias no planeta vermelho, os rovers surpreenderam, e há anos têm feito descobertas impressionantes e ajudado a desvendar os mistérios do nosso vizinho enferrujado.

Há dez meses, o Spirit teve uma de suas seis rodas afundada na areia fofa marciana, tendo então ficado atolado. Após diversas tentativas de retirá-lo do local, o rover perdeu mais uma roda devido as rotinas de movimentação para livrar a roda atolada. Essa semana, os cientistas do JPL na NASA decidiram por um fim à jornada do Spirit em Marte.

Mas esse é só o fim de sua jornada de aventuras em Marte, a partir de agora o Spirit se torna uma base estacionária de exploração, um plano da NASA de muito tempo de montar uma base estacionária em Marte agora se inicia com o Spirit. Com seu conjunto de ferramentas de análise química, metereológica e afins, o rover continuará ajudando a desvendar os mistérios de Marte. Suas funções agora incluem observar os ventos marcianos, o bamboleio do planeta, para tentar descobrir se o seu núcleo é sólido ou líquido, bem como as mudanças da atmosfera marciana, como o seu solo se comporta com a presença de agua, entre outras tarefas.

O nome do rover não poderia ter sido melhor escolhido, o Spirit realmente corresponde ao espírito curioso e aventureiro do ser humano. Fomos aonde nenhuma outra espécie, aparentemente, parece ter ido. Temos lutado, descoberto, e tentado com todas as forças entender o universo ao nosso redor, e companheiros como o Spirit, estranho falar assim de uma máquina, mas com certeza, para quem ama ciência, estes rovers tem seu espaço nos nossos corações, e têm a nossa gratidão.

Agora nos resta torcer para que o Spirit sobreviva a mais um inverno marciano, que começa em Maio, e devido a sua inclinação mais voltada para o Sul atualmente, pode ser crucial para o pequeno grande rover. Se os técnicos do JPL conseguirem incliná-lo um pouco mais para o norte, o Spirit captará energia solar suficiente para sobreviver aos meses gelados no planeta vermelho. Torcemos por você caro amigo!

Anúncios

Responses

  1. Eh, depois de um post tão completo e bem escrito fica foda dizer alguma coisa a respeito ne!!..

    Mas querendo ou não a gente sabe da importância que esses “companheiros”, para muitos apenas máquinas, tem para com o nosso desenvolvimento.. Quanto ao Spirit, msmo que ele não sobreviva a este inverno sua jornada ja valeu mais que a pena..eu so posso desejar LUZ, literalmente =]

    Já a respeito do escritor, é bom saber que este e o blog voltaram a ativa, conhecimento é sempre bem vindo..quando é bem passado então!!

    ps: Esse menino é meu orgulho!! hsauhaas =]

    lindu =**


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: